Susana Lopes - YogaNoFeminino
16 subscribers
13 photos
1 video
8 links
Conteudos de Yoga para todas as fases da vida das mulheres - www.yoganofeminino.com
Download Telegram
to view and join the conversation
O QUE A FUTURA MAMÃ NÃO SABE!
Durante a gravidez a mulher sabe, desde logo, que a gravidez não é doença e que por isso pode e deve fazer uma vida normal. Verdade ou mentira?

Durante a gravidez a mulher sente que a pressão sobre si mesma aumenta e que tem que provar ainda mais o seu valor. Verdade ou mentira?

Aquilo que a mulher não sabe - e que não aprende nos cursos de preparação para o parto - é que o seu ambiente físico e psicológico pode influenciar as experiências e desenvolvimento do bebé no útero e moldar a vida do nosso filho.

Portanto, quando a mulher sofre de stress e angústia quando tem dificuldade em fazer uma pausa e tranquilizar-se, corre o risco de transmitir essas mesmas vivências para o seu bebé, aumentando a sua predisposição à tristeza, pessimismo, agressividade, diminuindo o seu desejo de se conectar e comunicar com os outros, com consequências futuras para ambos.

Um bebé que é nutrido no ventre de uma mãe saudável, amorosa e tranquila começa a sua vida da melhor maneira, pois o útero materno é também a base do desenvolvimento emocional do bebé, reforçando o seu sentimento de confiança, amor-próprio e autoestima, e a sua perceção do que é sentir-se amado, acarinhado e bem-vindo.

O yoga durante a gestação e o pós-parto vai ajudar a mulher a sentir-te mais calma, saudável e feliz, em harmonia com as necessidades do seu bebé, a ultrapassar os desafios da maternidade com mais clareza, a observar mais e reagir menos.
Channel name was changed to «Susana Lopes - YogaNoFeminino»
Autoestima e amor-próprio: duas características que quando conscientemente trabalhadas e readquiridas, fazem verdadeiros milagres na nossa vida.

Se nos amamos e nos aceitamos, se entendemos a nossa natureza cíclica e materna de mulher (mesmo não estando grávidas), aprendemos a sentirmo-nos melhor com quem realmente somos.

Somos mulheres, cada uma em diferentes fases da sua vida - é certo, mas todas cíclicas, maravilhosamente humanas!

Para quem quer trabalhar o seu amor próprio e resgatar a sua autoestima, eu sugiro que escolham melhor os seus desafios e aprendam mais a dizer "Não!" como resposta ao que realmente NÃO querem para a tua vida.

Essa é uma das mais difíceis aprendizagens das mulheres que querem muito ser aceites e agradar aos outros, mas dizer mais "Não" pode mesmo mudar a tua vida apartir de hoje, porque muitas vezes dizer não ao outro, é dizer SIM a ti mesma!

Quem tem dificuldades em dizer NÃO?
Agora já podem ver os meus videos também no YouTube da Escola do Yoga em Movimento a escola com quem estou a corrdenar toda a formação online de Professores de Yoga para Grávidas!
https://www.youtube.com/c/YogaemMovimento/videos
CONTEMPLAR A VIDA!
Isso foi o que tive a oportunidade de fazer na semana que passou!

Uma constipação apanhou-me a mim, e à minha família, de surpresa e agarrei a oportunidade para fazer uma pausa nos meus projectos, para relaxar e dar tempo a mim e ao meu corpo para se transformarem.

Para mim um estado de doença é sempre um estado de transformação física, emocional e energética. Depois desse estado estamos sempre melhor, mais fortes, inspiradas, com mais vontade para continuar o nosso percurso.

Ter a oportunidade para contemplar a beleza da vida e as lições que aprendemos ao longo do nosso caminho, é algo que nem sempre fazemos ou apreciamos fazer, pois é preciso agradecer a toda e qualquer situação que enfrentámos, pois foram essas mesmas situações que nos fizeram ser a Mulher que somos hoje. E isso nos traz um sentimento de profundo amor e serenidade.

A natureza é sábia! Ela cria, transforma e floresce tudo para nos tornarmos ainda mais belas!
O FLUXO DO AMOR
O elo que existe entre uma mãe e o seu bebé é uma das ligações mais fortes que a natureza criou.

Prova disso é mesmo a nossa vida amorosa, que pode ser feita de encontros e desencontros, de romances que dão certo e que depois acabam, mas a conexão que se estabelece com o nosso bebé durante a gestação e nas primeiras semanas de vida - essa dura para sempre!

A questão do amor pelo bebé não é intelectual ou cultural - é sim um componente básico da formação e crescimento de todos os seres humanos, por isso não te podes surpreender se já amares o teu bebé mesmo antes do seu nascimento.

Também conhecida como a hormona do amor, a oxitocina é responsável pelo nosso comportamento maternal, criando a enorme vontade de abraçar e proteger o nosso bebé e também amenizando o stress durante a gravidez, que pode ser prejudicial tanto para a mãe como para o desenvolvimento do seu bebé.
À medida que a data do parto se aproxima, o cérebro da mãe também começa a produzir cada vez mais oxitocina. Quando finalmente o bebé nasce, a mãe está praticamente "intoxicada" de oxitocina, o que faz com que ela se esqueça da exaustão do parto e da dor e lhe traga euforia e uma intensa sensação de amor.

Para além da gestação e do parto existem outras duas ocasiões em que a oxitocina se manifesta, quando fazemos amor com o nosso parceiro e quando amamentamos o nosso bebé.

Resumindo: quando a oxitocina circula pelo corpo de uma gestante é como se o amor estivesse a correr pelas suas veias e o seu bebé também beneficia desse fluxo do Amor.


Espero encontrar-te brevemente nas minhas aulas ao vivo de Yoga para Mulheres, Yoga para Grávidas e Pós-Parto, e que tenhas uma EXCELENTE SEMANA por que TU ÉS MARAVILHOSA!
Cuidar de si mesma é muitas vezes um desafio para muitas mulheres… Tudo parece ter imensa prioridade, tudo menos aquilo que realmente importa: nós mesmas.

Quando pensamos em autocuidado aqui, no Yoga no Feminino, pensamos nas vidas que as mulheres vivem hoje em dia em relação aos vários papeis que desempenham como mulheres, mães, esposas, filhas, irmãs, tias, para não falar dos cuidados que dão aos outros como trabalhadoras e às vezes até como verdadeiras enfermeiras e psicólogas.

Mas quando uma mulher rompe o ciclo ajuda outras mulheres a fazerem-no também, e então o "autocuidar-se" tráz também o amor-próprio, autoestima e autoconfiança.

No Yoga no Feminino cuidares de ti mesma é como nutres o teu corpo e a tua mente, se tens feito exercícios físicos, de relaxamento, de meditação, se te sentes inspirada (por isso mandamos os nossos emails para te dar força), se te tens alimentado bem, e por aí adiante!
Então, esta quarta feira vamos fazer práticas que te convidam a olhar para esse autocuidado - exercícios simples mas tão necessários.

Cuidares de ti é proporcionares-te atividades que promovam a tua paz interior e mantenham o teu foco e concentração - e não tensão ou dispersão, que te ensinam a colocares a tua atenção plena no teu corpo, na tua respiração e na tua mente, e não aumentem pensamentos mais ansiosos ou negativos.

E se é tão simples porque é que ninguém faz?
Porque o auto-cuidado e a saúde mental nunca são priorizados…

Espero encontrar-te brevemente nas minhas aulas ao vivo de Yoga para Mulheres e Yoga para Grávidas, e que tenhas uma EXCELENTE SEMANA por que TU ÉS MARAVILHOSA!
Há um ano atrás iniciei o projeto "Yoga e Maternidade" que coincidiu com o lançamento do meu livro e, um ano depois, o "Yoga no Feminino" começa a tomar força, oferecendo aulas a todas as mulheres, independentemente da fase da vida em que se encontram, para ajudá-las a entender a sua natureza feminina cíclica e materna.

Muito embora tenha uma vida bastante ocupada com família e três filhos, agarrei este projeto com muito amor e empenho, e só posso agradecer a todas as mulheres que se cruzaram no meu caminho e me deram testemunhos fantásticos das suas práticas comigo e do seu próprio percurso de mulheres e mães!

Quando faço a minha prática pessoal de yoga eu levo tudo comigo para o tapete, não só as alegrias e conquistas desta vida, mas também as tristezas e momentos mais desafiantes.

No tapete não levamos apenas o melhor de nós que mostramos no feed de notícias de uma qualquer rede social, cuidadosamente selecionado, MAS LEVAMOS O NOSSO EU, com todas as qualidades mais e menos agradáveis, que navegam pelos desafios das nossas próprias sombras.

No tapete SOU EU REAL, tal como sou, e sinto e observo a minha transformação, como se a quietude e o movimento do meu corpo desbloqueassem partes do meu cérebro, permitindo-me ver as coisas de uma perspetiva diferente!

Para comemorar este ano de vida, gostaria de oferecer-te UM MÊS DE TRANSFORMAÇÃO!

Quero que tragas a tua realidade para o tapete, TUDO O QUE ÉS, sem julgamento sem pressões sociais, quero que sintas e observes a tua própria transformação!

Recebe o teu presente aqui:
https://www.subscribepage.com/aulayogapromo
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
LIVRO YOGA E MATERNIDADE
Partindo da sua experiência pessoal de três gravidezes, e da vivência prática do yoga à mais de 20 anos, Susana Lopes oferece neste livro ferramentas para futuras mães e professores do yoga. São aqui demonstradas práticas de yoga adaptadas a todas as fases da gravidez acompanhadas de fotos, ilustrações, informações simples e acessíveis que apoiam e inspiram o leitor.

O yoga adaptado à gravidez é um método seguro e benéfico para a mãe e para o bebé, reforçador da capacidade da mãe de amar e de se vincular com o bebé, para uma gestação mais plena, saudável e feliz.

O bebé praticante do yoga dentro da barriga da mãe, é mais capaz de se desenvolver harmoniosamente, usufruindo do reforço do equilíbrio, serenidade, energia, pensamento e emoções positivas da mãe.

DISPONÍVEL EM PORTUGAL E NO BRASIL
Portugal - https://www.chiadobooks.com

Brasil - https://www.livrariaatlantico.com.br
“A mulher é como a Lua” já ouviram dizer?

Eu sim, muitas vezes durante a minha adolescência mas sempre no sentido pejorativo, comparando a lua às nossas mudanças de humor e vontades aquando da altura da menstruação. Parecia que o que se passava connosco era errado e o que estávamos a passar na semana ou dias antes da menstruação (e durante a menstruação) era mesmo um fardo.

A minha vida no yoga conduziu-me por caminhos inusitados e por volta dos trinta anos eu comecei a tomar consciência e a aprofundar os meus estudos sobre o feminino, ancestralidade e o conhecimento que envolve a natureza cíclica do corpo da mulher.

Acredito que o yoga é para todos, mas homens e mulheres são biologicamente diferentes e isso deve ser respeitado e tido em conta nas nossas práticas.

É importante saber praticar mas também é importante saber descansar e respeitar os ciclos da natureza sábia do corpo da mulher, especialmente se continuamos a trabalhar e a cuidar da nossa família.
Foi nesta minha caminhada que eu compreendi a verdade e a beleza de realmente sermos como a Lua! De podermos morrer e renascer a cada ciclo, e como isso nos traz oportunidades e experiências de muito amor por nós mesmas…

Compreendermos que somos como a lua, que temos quatro fases no ciclo menstrual que correspondem às fases lunares, e entendermos as nossas características físicas e comportamentais de cada uma dessas quatro fases, é muito poderoso!
Olá
Quem já me conhece sabe que esta é a minha altura preferida do ano, não apenas por causa do Natal, mas porque este é o momento do ano em que gosto de fazer uma pausa nas minhas aulas ao vivo, regressar ao meu interior e fazer um balanço de todos os meses que passaram.


É a altura do ano que reservo de forma positivamente egoísta para mim, e onde ofereço sorrisos às mulheres com quem trabalho ou que se têm vindo a cruzar no meu caminho - a minha mãe, irmã, amigas, alunas e futuras alunas!

A Energia Feminina em nós é uma energia que tudo habita, é uma energia criativa, de criação e preservação do AMOR, da generosidade e da colaboratividade! Ela está em nós, na natureza, em todas as formas de vida que nos rodeiam e nos homens também.

Em muitas mulheres ela precisa de ser desbloqueada e expandida. E em mulheres grávidas elas contam com a ajuda preciosa do seu bebé para o fazer também!
Ter consciência de que todos fazemos parte de um todo cósmico e universal, que podemos nos entre-ajudar, nos amar mesmo em alturas difíceis ou com opiniões diferentes, e que podemos partir de um passado doloroso para criar um mundo melhor é um dos presentes do despertar da energia feminina em nós.

Com amor e compaixão por ti e pelos que te rodeiam, tudo fica leve.

Assim e porque tu mereces, vou oferecer-te UM MÊS DE AULAS GRATUITAS NO MEU CANAL ONLINE para que sintas e observes a tua própria natureza e energia feminina!

Basta acederes ao link para receberes o teu presente:
👉 https://www.subscribepage.com/aulayogapromo
Encerramento da Formação de Professores de Yoga para Grávidas orientada por mim. Foi uma Alegria poder passar todo o meu Amor e Conhecimento ao longo de 4 meses para esta turma de alunas. Que a passagem desta Luz continue para todas as suas alunas Grávidas!
Da Noruega, desejo a todas as mulheres deste grupo um Feliz Natal e um Próspero Novo Ano com o - Yoga no Feminino - sempre no coração!!!
Quantas vezes ouviste dizer - Ano Novo Vida Nova, e na realidade nada muda assim tanto na tua vida?

Vivemos em um mundo que exige imenso das mulheres e que parece que tudo merece a nossa atenção - trabalho, família, amigos, televisão, telefone - menos nós mesmas.

Corremos atrás do dinheiro, do sucesso, do sermos amadas, para nos sentirmos felizes, e se isso realmente resultasse então estariamos todas realizadas não é? Tudo seria fantástico!
Mas a vida real não é bem assim.

Então eu quero ajudar-te a compreender que esta receita para a felicidade não funciona, pois antes de darmos atenção a tudo ao nosso redor precisamos de dar atenção a nós mesmas, precisamos de respeitar o nosso corpo, os nossos ciclos naturais e a nossa natureza feminina.

Precisas de parar e sentires-te no teu corpo, na tua respiração, e seres - primeiro que tudo - a tua melhor amiga!

E tu tens sido a tua melhor amiga?
Tens cuidado de ti mesma?
Na tua lista de prioridades és tu quem está em primeiro lugar?
Assim e porque tu mereces, vou oferecer-te UM MÊS DE AULAS GRATUITAS NO MEU CANAL ONLINE para que sintas e observes a tua própria natureza e energia feminina!
Recebe o teu presente aqui:
👉 https://www.subscribepage.com/aulayogapromo