Psoríase Brasil
630 subscribers
106 photos
180 videos
1 file
40 links
Canal novo da Psoríase Brasil. Conteúdos antecipados e exclusivos para vocês!
Download Telegram
O que mais te incomoda na psoríase?
Anonymous Poll
39%
Coceira
61%
Manchas aparentes
Tenho psoríase na região genital. Há maior risco de infecção?
IMG_3869.MOV
24.5 MB
A resposta é com a Dra. Clarissa Prati:
Em 9 de setembro de 2022, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA aprovou o Sotyktu (deucravacitinib), um tratamento oral para adultos com psoríase em placas moderada a grave que são candidatos a terapia sistêmica ou fototerapia. Sotyktu  é um inibidor de tirosina quinase 2 (TYK2) oral, seletivo e alostérico de primeira classe. 

"Deucravacitinib é um medicamento oral, dose única diária com ensaios clínicos em psoríase moderada a grave demonstrando eficácia superior ao apremilast. O deucravacitinib funciona inibindo seletivamente a TYK2, uma proteína encontrada nas células imunes e que demonstrou ser central na causa da psoríase. A medicação oferece aos pacientes com psoríase apropriados para terapia sistêmica uma opção totalmente nova que tem muito poucos efeitos colaterais. É importante ressaltar que os resultados dos estudos não suportam a necessidade de seguir testes laboratoriais durante a terapia", compartilhou Bruce Strober, MD, Ph.D., professor clínico no departamento de dermatologia da Escola de Medicina da Universidade de Yale em New Haven, Connecticut, e dermatologista certificado pela Central Connecticut Dermatology Research em Cromwell, Connecticut.
A aprovação do Sotyktu  é baseada nos ensaios clínicos de Fase 3 POETYK PSO-1 e POETYK PSO-2. Durante os ensaios, Sotyktu  demonstrou eficácia superior em 16 e 24 semanas em comparação com placebo e outro tratamento. A eficácia persistiu por 52 semanas. [1]
“As últimas duas décadas viram um avanço após o outro no desenvolvimento de novos produtos biológicos, todos injetáveis, para a psoríase. A aprovação do Deucravacitinibe é um marco importante para aqueles de nós que tratam a psoríase, pois o medicamento tem eficácia clínica comparável aos biológicos, mas é mais seguro do que medicamentos mais antigos usados para a psoríase”, diz Mark Lebwohl, MD, reitor de terapêutica clínica da Icahn School of Medicine em Mount Kimberly de Sinai e Eric J. Waldman Departamento de Dermatologia, Nova York. 
Fonte: psoriasis.org
This media is not supported in your browser
VIEW IN TELEGRAM
Queda de cabelo e psoríase: por Dr. Rafael Tomaz
Pacientes com psoríase têm mais chances de contrair a varíola dos macacos?
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
O Dr. Rafael Tomaz responde pra gente:
Mês da conscientização da Dermatite Atópica: será que a pele dos bebês com a doença é diferente das demais?
Hoje é o Dia de Conscientização da Dermatite Atópica! Compartilhe:
Medicamentos biológicos: estão melhores e mais seguros!
Como e onde armazenar os medicamentos biológicos?
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
O Dr. Kauê Cézar nos explica: