Instituto Centro de Vida - ICV
19 subscribers
32 photos
28 videos
35 links
Nossa missão é construir soluções compartilhadas para a sustentabilidade do uso da terra e dos recursos naturais.
Download Telegram
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
O Fundo Rotativo Solidário (FRS), além de ser uma alternativa ao crédito rural, contempla sete objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas): Fome Zero e Agricultura Sustentável, Saúde e Bem-estar, Trabalho Decente e Crescimento Econômico, Redução das Desigualdades, Ação Contra a Mudança Global do Clima, Consumo e Produção Responsáveis e Vida na Terra.

A Repoama foi fundada é apoiada pelo projeto Redes Socioprodutivas, financiado pelo Fundo Amazônia BNDES e implementado pelo ICV desde 2018.

O projeto Agroecologia em Rede, financiado pelo Programa REM/MT, seguiu no fortalecimento da rede e possibilitou a constituição do Fundo Rotativo Solidário (FRS).

O projeto REM é executado em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso, Banco de Desenvolvimento (KfW) Alemão e a Secretaria de Negócios, Energia e Estratégia Industrial (BEIS) do Reino Unido, e tem como gestor financeiro o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio).
Tá tudo meio fora do ar, né?
This media is not supported in your browser
VIEW IN TELEGRAM
Maior acessibilidade ao selo de orgânico para a agricultura familiar é o que pauta o Sistema Participativo de Garantia (SPG), uma das modalidades previstas para a certificação orgânica pela legislação brasileira.

É também o modelo da Rede de Produção Orgânica da Amazônia Mato-grossense (Repoama), formada com apoio do Instituto Centro de Vida (ICV) em 2019 e composta por famílias de 13 organizações comunitárias de cinco municípios das regiões norte e noroeste do estado.

Atualmente, a Repoama aguarda o credenciamento pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como OPAC para dar início ao processo de verificação e, por fim, obtenção do selo.
Ó, que legal para o Dia das Crianças! O jogo "Pega na Floresta" em versão digital já está disponível para download.

Para jogar, é necessário apenas imprimir e recortar no local indicado as cartinhas e seguir o manual de instruções. A faixa etária indicada é a partir dos quatro anos de idade e pode ser jogado com dois a quatro participantes.

O jogo busca mostrar a diversidade de seres e de vida da Amazônia para que as crianças reflitam sobre a importância de conservá-la e proteger a fauna e flora do desmatamento e dos incêndios florestais, que impactam diretamente a qualidade de vida das populações no bioma.

Para baixar o “Pega na Floresta” clique aqui: https://www.icv.org.br/publicacao/jogo-pega-na-floresta/

#Amazônia #jogoseducativos #DiadasCrianças
Movimento pelo Clima - ICV está promovendo um circuito de bike que vai fazer bem pra você e pro planeta. Serão 30km de muita pedalada, conhecimento e conexão entre a cidade e o campo com a prática esportiva, alimentação saudável e mitigação das mudanças climáticas.

Os ciclistas terão a oportunidade de conhecer de perto famílias produtoras de hortaliças, frutas, café, leite e outros alimentos e outros produtos da região.

As famílias da Associação Guadalupe Agroecológica (AGuA) também irão fazer exposição e venda de produtos da comunidade

Além disso, será realizada a venda de cestas de produtos da agricultura familiar pela iniciativa Rota Local.

A Prefeitura de Alta Floresta está apoiando o evento através da Secretaria de Esportes e Lazer, Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico e Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos.

⚠️ ATENÇÃO!
Inscrições gratuitas e limitadas, com distribuição de kits.
ONDE: Alta Floresta - MT.
QUANDO: 14 de novembro.
INSCRIÇÃO: http://ow.ly/yGAn30rXTZK
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
Três motivos para se preocupar com a Amazônia hoje.

Este vídeo é resultado de uma parceria entre o Instituto Centro de Vida, Cristian Wariu
e a Fepoimt, para falar sobre Amazônia e Mato Grosso, estado-chave para assuntos sobre meio ambiente, clima, economia, povos indígenas e tradicionais.

É o primeiro de uma série que vai explicar sobre a situação do bioma e soluções possíveis contra os impactos socioambientais para que a juventude se informe.

Que tal engajar nessa ideia?
Quer ouvir uma boa notícia antes que o ano acabe?

Lançamos nosso podcast Prosa Amazônica, um programa feito para levar informação para os agricultores e agricultoras familiares do norte e noroeste de Mato Grosso, região sob forte pressão de desmatamento em um dos biomas mais importantes do mundo.

A cada episódio vamos prosear sobre como melhorar a produção orgânica e agroflorestal para o fortalecimento na geração de renda no campo, maior poder de decisão na cadeia de produção de alimentos, e claro, mais qualidade de vida pra quem produz e pra quem consome.

A primeira temporada do Prosa Amazônica é uma realização do Redes Socioprodutivas, projeto implementado pelo ICV com financiamento do Fundo Amazônia /BNDES desde 2018 com apoio às organizações comunitárias das cadeias de hortifrutigranjeiros, café, leite, babaçu e castanha-do-Brasil.

O primeiro episódio é um início de prosa e já está disponível nas principais plataformas de streaming, como Spotify e Deezer.

Tenha uma boa escuta!
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
Ter um pedaço de terra próprio e produzir café na Amazônia foi um sonho nutrido por muitas famílias que chegaram na região norte de Mato Grosso.

Pelas dinâmicas de mercados e de dificuldades de adaptação do cultivo ao clima amazônico, muitas migraram de atividade ou até desistiram da região.

Persistir e inovar foi o caminho escolhido pela família que virou um caso de sucesso na adoção de tecnologias e técnicas para melhorar a produtividade do grão de forma aliada à conservação ambiental do bioma.

Fique ligado! Em janeiro de 2022.

A SÉRIE
A série Casos de Sucesso mostra tecnologias de produção implementadas em três propriedades rurais das cadeias de leite, hortifrutigranjeiros e café na Amazônia mato-grossense.

A produção é do Redes Socioprodutivas, projeto do Instituto Centro de Vida (ICV) financiado pelo Fundo Amazônia/BNDES e implementado na região desde 2018 com apoio a organizações comunitárias da agricultura familiar.

Produção: Macaca Filmes e Instituto Centro de Vida.
This media is not supported in your browser
VIEW IN TELEGRAM
Cultivar hortaliças e frutas exige lidar com pragas e o uso de veneno foi e ainda é apontado, muitas vezes, como única solução na região norte de Mato Grosso, Amazônia.
Mas para manter a biodiversidade e a saúde de quem produz e de quem come, há outros caminhos possíveis.
A família que virou um caso de sucesso na adoção de tecnologias e técnicas para melhorar a produtividade de forma aliada à conservação do bioma mostra isso.
Fique ligado! Em janeiro de 2022.
A SÉRIE
A série Casos de Sucesso mostra tecnologias de produção implementadas em três propriedades rurais das cadeias de leite, hortifrutigranjeiros e café na Amazônia mato-grossense.
A produção é do Redes Socioprodutivas, projeto do Instituto Centro de Vida (ICV) financiado pelo Fundo Amazônia/BNDES e implementado na região desde 2018 com apoio a organizações comunitárias da agricultura familiar.
Produção: Macaca Filmes e Instituto Centro de Vida.
This media is not supported in your browser
VIEW IN TELEGRAM
Produzir leite parece cada dia mais difícil para a agricultura familiar na região norte de Mato Grosso, Amazônia.

A atividade já foi uma das mais fortes, mas os preços são baixos e os entraves, muitos. Mas conta-se por aí que quem é apaixonado pela atividade leiteira, dificilmente larga a profissão.

O que dá pra fazer é apostar nas melhorias técnicas e tecnológicas para melhorar a produtividade e conservar o bioma.

Fique ligado! Em janeiro de 2022.

A SÉRIE
A série Casos de Sucesso mostra tecnologias de produção implementadas em três propriedades rurais das cadeias de leite, hortifrutigranjeiros e café na Amazônia mato-grossense.

A produção é do Redes Socioprodutivas, projeto do Instituto Centro de Vida (ICV) financiado pelo Fundo Amazônia/BNDES e implementado na região desde 2018 com apoio a organizações comunitárias da agricultura familiar.

Produção: Macaca Filmes e Instituto Centro de Vida.
Channel photo removed
Channel photo updated
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
Valer das vantagens de novas técnicas e tecnologia tem transformado a agricultura familiar no norte de Mato Grosso, região amazônica.

Uma produtividade melhor e maior, tem sido provocada pela união entre a inovação e a sustentabilidade.

A SÉRIE
A série Casos de Sucesso mostra tecnologias de produção implementadas em três propriedades rurais das cadeias de leite, hortifrutigranjeiros e café na Amazônia mato-grossense.

A produção é do Redes Socioprodutivas, projeto do Instituto Centro de Vida (ICV) financiado pelo Fundo Amazônia/BNDES e implementado na região desde 2018 com apoio a organizações comunitárias da agricultura familiar.
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
Cultivar hortaliças e frutas exige lidar com pragas e o uso de veneno foi e ainda é apontado, muitas vezes, como única solução na região norte de Mato Grosso, Amazônia.

Mas para manter a biodiversidade e a saúde de quem produz e de quem come, há outros caminhos possíveis.

A família que virou um caso de sucesso na adoção de tecnologias e técnicas para melhorar a produtividade de forma aliada à conservação do bioma mostra isso.

A SÉRIE
A série Casos de Sucesso mostra tecnologias de produção implementadas em três propriedades rurais das cadeias de leite, hortifrutigranjeiros e café na Amazônia mato-grossense.

A produção é do Redes Socioprodutivas, projeto do Instituto Centro de Vida (ICV) financiado pelo Fundo Amazônia/BNDES e implementado na região desde 2018 com apoio a organizações comunitárias da agricultura familiar.
Produção: Macaca Filmes e Instituto Centro de Vida.

#CasosdeSucesso #Amazônia #MatoGrosso #AgriculturaFamiliar
Media is too big
VIEW IN TELEGRAM
Produzir leite parece cada dia mais difícil para a agricultura familiar na região norte de Mato Grosso, Amazônia.

A atividade já foi uma das mais fortes, mas os preços são baixos e os entraves, muitos. Mas conta-se por aí que quem é apaixonado pela atividade leiteira, dificilmente larga a profissão.

O que dá pra fazer é apostar nas melhorias técnicas e tecnológicas para melhorar a produtividade e conservar o bioma.

A SÉRIE
A série Casos de Sucesso mostra tecnologias de produção implementadas em três propriedades rurais das cadeias de leite, hortifrutigranjeiros e café na Amazônia mato-grossense.

A produção é do Redes Socioprodutivas, projeto do Instituto Centro de Vida (ICV) financiado pelo Fundo Amazônia/BNDES e implementado na região desde 2018 com apoio a organizações comunitárias da agricultura familiar.

Produção: Macaca Filmes e Instituto Centro de Vida.

#CasosdeSucesso #Amazônia #MatoGrosso #AgriculturaFamiliar
This media is not supported in your browser
VIEW IN TELEGRAM
Plantar, colher e compartilhar saúde. Este é o Amazônia Viva Alimenta (AVA), uma iniciativa que busca fomentar a recuperação socioeconômica da agricultura familiar na Amazônia mato-grossense diante dos desafios impostos pela pandemia.

Este projeto tem como objetivo apoiar cooperativas e associações comunitárias da agricultura familiar e grupos de mulheres.

Quando valorizamos as populações locais no desenvolvimento de estratégias de recuperação, estamos falando de equidade de gênero, garantia dos direitos fundamentais na produção e consumo de alimentos saudáveis.

É um caminho para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e assegurar justiça, renda e protagonismo das mulheres.

O edital segue aberto até hoje, dia 30 de março de 2022, às 22h59min, horário de Mato Grosso.

Se a sua associação da agricultura familiar ou grupo de mulheres tem projetos que seguem nesta direção, confira como viabiliza-los: https://fld.com.br/wp-content/uploads/2022/02/EDITAL-ICV.pdf
This media is not supported in your browser
VIEW IN TELEGRAM
🛰️“Monitorar desmatamento é fácil, você tinha floresta e agora você não tem. Monitorar o ganho de floresta é mais difícil. Primeiro, porque é um processo que leva mais tempo. Segundo porque as áreas geralmente são pequenas e fica mais difícil ver as imagens de satélite mais comuns”, disse Vinícius Silgueiro, coordenador do Núcleo de Inteligência Territorial do Instituto Centro de Vida.

🤝Por este motivo, o ICV reuniu-se com membros da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e propôs a criação de uma metodologia e ferramenta que utilize imagens de satélite em altíssima resolução para acompanhar a restauração florestal. Alguns exemplos de imagens foram disponibilizadas para a Sema e devem ser inseridas no portal de dados geográficos do órgão ambiental.

🌳Cabe à Sema fazer esse monitoramento e o ICV tem se colocado à disposição para compartilhar experiências e testar soluções em conjunto.

#RestauraçãoFlorestal #RNA #Regeneração #RegeneraçãoNaturalAssistida #Monitoramento #Floresta #MatoGrosso
Channel photo updated
This media is not supported in your browser
VIEW IN TELEGRAM
Em Oslo, na Noruega, Vinícius Silgueiro, coordenador do Núcleo de Inteligência Territorial do Instituto Centro de Vida, levou a experiência do ICV com base em estudos e análises, com atuação no campo e atores locais, por um objetivo global em comum: a proteção dos ecossistemas, dos povos indígenas e comunidades tradicionais, e a manutenção da floresta em pé.